APOSTILA ELETROTECNICA SENAI PDF

Shaktigrel Before you work with STEP 7, plan your automation solution from dividing the process into individual tasks to creating a configuration diagram see also Basic Procedure for Planning an Automation Project. No site docjax — com a apostila livro VBA Excel. Teresa Costa Azinheira Oliveira e Prof. Voordelen wanneer u gebruikt maakt van Zippyshare Om een bestand te plaatsen op Zippyshare, volgt u de volgende stappen: Pedro Miguel Ribeiro Pereira.

Author:Bami Yolrajas
Country:Benin
Language:English (Spanish)
Genre:Education
Published (Last):6 January 2016
Pages:37
PDF File Size:2.40 Mb
ePub File Size:6.95 Mb
ISBN:942-4-30252-622-7
Downloads:58947
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Tozil



A implementao de circuitos eletrnicos se faz a partir de diversos blocos lgicos classificados em famlias lgicas. Famlias lgicas so o assunto deste captulo. Para melhor estud-lo, necessrio ter conhecimentos anteriores sobre portas lgicas bsicas e derivadas. Caractersticas das famlias lgicas Famlia lgica um conjunto de circuitos integrados que apresentam a mesma caracterstica tecnolgica de construo.

Cada famlia emprega componentes diferenciados na sua estrutura. Isso propicia caractersticas diferentes de uma famlia para outra. As principais caractersticas envolvidas no processo de seleo de famlias so: Tenso de alimentao, ou seja, a faixa de tenso na qual determinada famlia lgica pode trabalhar; Impedncia de entrada, ou seja, o valor hmico que cada entrada oferece como carga onde for ligada.

Corrente mxima de sada, ou seja, o valor de corrente que pode ser drenada da porta por uma carga a ela conectada. Faixa de tenso do nvel lgico So dois os nveis lgicos de tenso: nvel lgico 1, nvel lgico 0. Ambos os nveis variam dentro de faixas. O nvel 0, por exemplo, no precisa necessariamente corresponder ao valor 0, mas a uma tenso abaixo de um certo valor mximo.

Veja a figura a seguir. Cada famlia lgica possuir uma faixa para o nvel 0 e outra para o nvel 1. Tempo de propagao A tenso de sada de uma porta nunca responde instantaneamente s variaes de entrada. H sempre um certo atraso associado porta lgica. Assim, o tempo de propagao corresponde mdia aritmtica entre os tempos mdios de propagao para mudanas de estados na entrada e na sada.

A figura a seguir mostra as formas de onda de entrada e de sada de uma porta lgica e os atrasos que ocorrem. Quanto menor o tempo de propagao, maior ser a freqncia em que determinada famlia poder trabalhar.

Fan-in a carga fornecida pela entrada de uma porta lgica sada da porta anterior qual est conectada. Para cada famlia existe uma carga padro. A carga padro expressa de forma adimensional, isto , no corresponde a nenhuma medida. Fan-out o nmero mximo de entradas de portas da mesma famlia que podem ser conectadas sada de uma nica porta como mostra a figura a seguir. O fan-out determinado em funo da capacidade que o estgio de sada de uma porta lgica tem de fornecer e drenar corrente. O nmero que expressa o fan-out tambm adimensional.

CICERONE DE NATURA DEORUM PDF

APOSTILA ELETROTECNICA - SENAI

.

DECRETO 7405 PDF

6 Apostilas de Eletrotécnica para Baixar em PDF

.

BORDWELL ARTE CINEMATOGRAFICO PDF

Curso de Eletrotécnica SENAI 2020: Inscrições e Vagas Abertas

.

Related Articles